Palmeirense conquista terceiro lugar na Coxilha Piá

por Camila Scherer, 03/08/2018 às 11:07 em Social

A intérprete palmeirense Júlia do Amaral Antonini, 10 anos, fez bonito mais uma vez ao subir ao palco de um dos mais tradicionais festivais de música nativista do Rio Grande do Sul. Na 34ª edição da Coxilha Piá, realizada em Cruz Alta na sexta-feira (27) juntamente com a 38ª Coxilha Nativista, Júlia concorreu com oito cantores de vários lugares do RS, e conquistou a terceira colocação.

Interpretando “Lira da Vida”, uma composição de Mário Amaral e melodia de Alexandre Munhoz Scherer, a cantora subiu ao palco Jayme Caetano Braun acompanhada pelos músicos Cássio Figueiró na gaita, Alexandre Munhoz Scherer no baixo, Cristiano Sonntag no violão e Adriano Rossetto no Cajon.

A estreia da palmeirense em festivais aconteceu em 2017, no 5º Canto do Barril de Frederico Westphalen, onde ficou em primeiro lugar. De lá para cá foram quatro festivais, sendo que foi finalista em todos, como no Canto dos Ervais e destaque da categoria no Carijinho.

 

FOTOS: AGÊNCIA DA HORA

 

Tags:   coxilha-pia   cruz-alta   julia-do-amaral-antonini   palmeira-das-missoes



 

Tribuna da Produção

- O conteúdo faz a diferença - 

Desenvolvido por:

Ligue Site