Lula diz que “se necessário” será candidato à Presidência em 2018

por Pedro Niácome, 29/02/2016 às 09:18 em Política

Durante a festa de aniversário de 36 anos do PT, no Rio de Janeiro, o ex-presidente Lula discursou por quase 40 minutos e disse que, se o PT achar necessário, ele será candidato à Presidência da República em 2018. Lula também aproveitou a oportunidade para criticar a imprensa e negou ser dono do apartamento tríplex no Guarujá e do sítio em Atibaia (SP) – imóveis sob investigação pela Justiça. 

Segundo Lula, a propriedade em Atibaia foi adquirida por um amigo, Jacó Bittar, e a compra foi formalizada por seu filho, Fernando Bittar. O local serviria para receber as duas famílias quando Lula deixasse a Presidência da República, em janeiro de 2011.

 “Eles pensam que, com essa perseguição, vão me tirar da luta. Eles não conhecem o PT. Se quiserem me derrotar, não vão me derrotar mentindo. Terão que me enfrentar nas ruas, conversando com o povo brasileiro”, disse Lula a uma plateia de aproximadamente 1.500 pessoas. “Se eles quiserem voltar ao poder, vão ter que aprender a ser democráticos, disputar eleições e acatar o resultado. Se eles quiserem, se preparem para 2018. Afiem suas garras e vamos disputar democraticamente”, completou. O ex-presidente insistiu que o partido sairá mais forte dessa crise.

Lula também pediu apoio ao governo Dilma. Recentemente a presidente e o PT têm protagonizado situações que evidenciam um descompasso entre ambos. “Por mais que tenha discordância em alguma coisa, a Dilma tem que ter certeza de que o lado dela é esse. Ela precisa de nós para poder sobreviver aos ataques que ela vem sofrendo no Congresso Nacional pelos nossos adversários”, disse Lula ao público que gritava “Não vai ter golpe”.

 TP com Congresso em Foco

Tags:   lula   candidato-a-presidencia   pt



 

Tribuna da Produção

- O conteúdo faz a diferença - 

Desenvolvido por:

Ligue Site