Sessão especial debateu sobre o futuro do município

por Camila Scherer, 05/05 às 10:36 em Geral

Na noite desta quarta-feira (3) a Câmara de Vereadores realizou uma Sessão Especial em comemoração aos 143 anos de Palmeira das Missões por proposição do vereador Claudio Mineiro. A atividade contou com importantes painelistas, que abordaram o tema ‘A Palmeira que eu vivo e a Palmeira que eu quero’.

De acordo com Mineiro, a intenção da proposição foi em homenagear Palmeira das Missões debatendo sobre a cidade com pessoas que representam a sociedade, trazendo a Universidade Federal de Santa Maria para perto da comunidade, com os professores do campus e com alguém que conhece a história e contribui para a cultura da cidade. Os painelistas participantes foram o professor, Mestre em Economia e Doutor em Sociologia Olívio Alberto Teixeira; o professor, Doutor em Ciências Agrárias Nilson Luiz Costa e o professor, advogado e escritor Antônio Léo Rodrigues.

O professor Léo explanou sobre a história e cultura de Palmeira das Missões, lembrando-se da época que precede a emancipação, quando os mais de 14mil km² do município começavam a ser desbravados. “Palmeira foi privilegiada pela qualidade da erva mate aqui cultivada, e devido a esta origem ervateira, após anos de emancipação, o festival Carijo da Canção Gaúcha foi pensado para cultuar nossas tradições”, ponderou ele. 

Em seguida, o professor Olívio Teixeira abordou sobre os limites e potencialidades para o desenvolvimento local, salientando que Palmeira carrega uma história de ideologias opostas, de diferenças, disputas e lutas, levantando o questionamento sobre o que a sociedade aprendeu com este perfil. Olívio também destacou sobre o processo de desenvolvimento e as estratégias que os legisladores e gestores poderiam tomar para impulsionar este processo. 

Finalizando, o professor Nilson Costa tratou sobre a contribuição da cadeia produtiva da soja para o desenvolvimento local e também sobre o mercado formal de trabalho em Palmeira das Missões. Conforme os dados expostos por Nilson, de 2006 a 2015 o mercado de trabalho formal cresceu 69%, sendo que ano passado 5.901 pessoas estavam trabalhando com carteira assinada. Deste total, 18% são referentes aos trabalhadores do serviço público em todas as esferas. Já a massa salarial do trabalhador que atua em Palmeira teve um incremento de 119% neste mesmo período. Após apresentar estas informações, Nilson propôs alguns desafios para os próximos anos, debatidos entre os presentes.

 

Fotos: Priscila Devens/AI

 

Tags:   sessao-especial   camara-vereadores   palmeira-das-missoes   143-anos



 

Tribuna da Produção

- O conteúdo faz a diferença - 

Desenvolvido por:

Ligue Site