Servidores municipais iniciam movimento de paralisação

por Pedro Niácome, 11/01/2018 às 11:19 em Geral

Atraso salarial

Cerca de 30 funcionários da prefeitura Municipal de Palmeira das Missões estão mobilizados em frente ao prédio do Executivo. Eles cobram a normalização dos salários. O pagamento da folha do mês de dezembro encontra-se em aberto. 

De acordo com a servidora Eloisa Pinheiro, o movimento tem caráter simbólico e busca encontrar uma solução definitiva para o atraso dos repasses salariais. “Estamos todos preocupados e indignados. Nós queremos saber porque até agora, dia 11, não recebemos o pagamento. Essa situação já bem se arrastando há um bom tempo, nossas contas estão chegando e não conseguimos informação alguma sobre quando sairá o salário. Ninguém vem falar com a gente”, desabafa. 

Procurado pela nossa reportagem, o prefeito em Exercício Lúcio Borges (PP) explica que os repasses da União para os Municípios ficou abaixo do esperado, comprometendo a folha salarial. "Nós também estamos preocupados com essa situação diante da grave crise que assola o país, principalmente os municípios. E com Palmeira não é diferente. Nossa ideia seria de pagar o salário dos servidores nos primeiros dias de janeiro. Estávamos tonando com um auxílio anunciado pelo Governo Federal para o final de ano, mas não se concretizou. Também tínhamos feito até uma previsão de pagamento com os fornecedores também, honramos com alguma coisa e pagamos o 13º salário antes do Natal. Estaremos na próxima semana integralizando todo o pagamento”. 

O vereador Cláudio Mineiro (PT) esteve acompanhando o movimento. Ele criticou o tratamento da Administração com os servidores. “É uma situação delicada, fruto de uma irresponsabilidade muito grande do desgoverno da Palmeira. Digo isso porque não se trata de um governo novo. São os mesmos que estão no poder há mais de cinco anos. No ano passado já haviam tirado o vale-refeição dos servidores no período das férias e em casos de tratamento de saúde. Também é esse mesmo governo que em 2017 não deu um centavo de aumento, e nos últimos 5 meses vem atrasando os salários. Mas CC’s não faltam. Nós vamos denunciar os conchaves para parentela e amigos de vereadores dentro do Executivo”.  

Fotos: Pedro Niácome/TP

Tags:   movimento   servidores   palmeira-das-missoes



 

Tribuna da Produção

- O conteúdo faz a diferença - 

Desenvolvido por:

Ligue Site