Comitiva volta a solicitar implantação de posto do Banrisul

por Pedro Niácome, 12/09 às 10:01 em Geral

SAGRADA FAMÍLIA

Com a interlocução e o apoio político-institucional do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Edegar Pretto (PT), comitiva de Sagrada Família foi recebida na tarde de segunda-feira 11 pelo presidente do Banrisul Luiz Gonzaga Veras Mota. No encontro, realizado na sede da matriz do banco em Porto Alegre, o grupo protocolou pedido de abertura de um posto bancário no município, que conta hoje com apenas um caixa-eletrônico na prefeitura e dois pontos de atendimento em estabelecimentos comerciais para o pagamentos de contas. 

No ofício entregue com a solicitação, a segunda feita em pouco mais de três anos, é salientado que Sagrada Família vem se destacando nos últimos anos por meio do fortalecimento de sua área comercial e de serviços de produção primária. No documento também é destacado que hoje os moradores da cidade precisam se deslocar cerca de 50 km, até Palmeira das Missões, para terem acesso a uma agência do banco, o que ocasiona tanto gasto de tempo como de recursos financeiros para a locomoção. "O acesso a serviços bancários com qualidade e segurança é um direito das nossas comunidades, que pagam por isso. Uma agência ou posto em Sagrada Família, além de atender a população local, também dará oportunidade a outras localidades sem esse tipo de serviço, como Lajeado do Bugre, São Pedro das Missões e São José", defendeu Edegar Pretto.

Segundo o diretor da escola estadual Sidiclei Miotto, presente à reunião, um estudo favorável indicando a necessidade de um posto na cidade foi encaminhado à direção do Banrisul pela agência do banco em Palmeira das Missões.

Para o dirigente do banco estadual, os custos atuais apara a implementação de uma agência bancária superam R$ 1 milhão, o que inviabilizaria qualquer projeto nesse sentido em pequenas localidades. "O que está em estudo é a instalação de duas ATMs com todos os serviços bancários disponibilizados em uma agência comum, porém sem atendimento presencial", frisou Veras Mota. Segundo ele, são necessários um mínimo de 5 mil clientes para que uma agência possua viabilidade financeira para seu funcionamento no varejo. Também participaram da audiência o prefeito em exercício, Sérgio João Pietrobeli, e o presidente da Câmara Municipal, vereador Euclides Ardenghi. 

Foto: Caco Argemi

Tags:   comitiva   banrisul   sagrada-familia   edegar-pretto



 

Tribuna da Produção

- O conteúdo faz a diferença - 

Desenvolvido por:

Ligue Site