Comissão busca solução para o endividamento agrícola

por Pedro Niácome, 29/01/2018 às 16:33 em Geral

ESTRATÉGIAS

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) autorizou a criação da Comissão Externa do Endividamento Agrícola, colegiado que será criado com o objetivo de formular propostas para o enfrentamento da grave crise vivida pelo setor produtivo nacional. Autor da proposta, o deputado Jerônimo Goergen (Progressistas-RS) vem articulando desde o ano passado uma solução para o alto grau de endividamento dos produtores de trigo, leite e arroz, setores de ponta do agronegócio nacional. Diversas outras atividades primárias também passam pela mesma situação. “Há dívidas com bancos, empresas privadas e a capacidade de investimento e crédito ficou praticamente inviabilizado. Com o passivo do Funrural, isto fica mais agravado e o resultado é a perda de renda do setor”, argumentou Jerônimo. 

O parlamentar acrescenta que outra linha de ação será executada junto ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal, estabelecendo uma renegociação similar à que foi implementada para salvar os hospitais. “As instituições compram essa dívida, fazendo um novo alongamento, com parcelas reduzidas”, explicou.

Na próxima semana, Jerônimo levará ao governo federal a proposta de criação de um grupo de trabalho formado por Ministério da Agricultura, Ministério do Planejamento, Ministério da Fazenda, Banco do Brasil, Banco Cetral, OCB, Acebra, CNA, Aprosoja e Abimaq, nos mesmos moldes do criado pelo governo FHC.

Rodrigo Maia também deve colocar em votação, ainda no mês de março, o Projeto de Lei 3487/2012, de autoria do deputado Jerônimo Goergen. A proposta está pronta para ser apreciada no Plenário da Câmara e proíbe a comercialização e a estocagem de arroz, trigo, feijão, cevada, aveia e cebola importados, que não tenham passado pela análise de resíduos químicos de agrotóxicos e princípios ativos usados na industrialização desses produtos.

Segundo Jerônimo, a proposta tem como objetivo proteger a saúde dos consumidores brasileiros e manter a competividade da indústria nacional, reduzindo as assimetrias com países que integram o Mersocul. 

Foto: Divulgação

Tags:   crise   agro   endividamento   jeronimo   goergen



 

Tribuna da Produção

- O conteúdo faz a diferença - 

Desenvolvido por:

Ligue Site