Cadastro da nota fiscal traz benefícios para escolas e entidades

por Pedro Niácome, 12/06 às 14:21 em Geral

CONSCIENTIZAÇÃO

O Programa da Nota Fiscal Gaúcha foi lançado em 2012, e de lá para cá sofreu algumas alterações. Palmeira das Missões aderiu ao programa em novembro de 2015. Quando algum produto ou serviço é adquirido, a nota fiscal é o comprovante da realização da transação, que servirá para uma eventual garantia do produto ou serviço, e, com essa transação, a geração de tributos reverterá em favor da própria comunidade. 

Através do Programa, os cidadãos concorrem a prêmios de até R$ 1 milhão as entidades sociais por eles indicadas são beneficiadas por repasses e as empresas participantes reforçam sua responsabilidade social com o Estado e a sociedade gaúcha. Todos os cidadãos que compram no comércio local e solicitam a Nota Gaúcha informando o seu CPF, estarão automaticamente concorrendo a prêmios a nível municipal. Para participar e concorrer aos prêmios é necessário se cadastrar no site www.nfg.rs.gov.br, ou junto a secretaria da Fazenda do Município.

Somente em duas etapas (48 e 49), as escolas estaduais da região foram contempladas com mais de R$ 140 mil, com recursos advindos da NFG. Entre as 13 escolas da rede em Palmeira das Missões, dez estão cadastradas no Programa, e apenas três receberam repasses acima de R$ 3 mil nas últimas 3 etapas: Três Mártires (R$ 7 mil), Cacique Neenguiru (R$ 3.200) e Borges do Canto (R$ 3.000).  Ainda não aderiram as escolas Celeste Gobbato, Polivalente e Antônio de Sousa Neto.

De acordo com a diretora da escola Cacique Neenguiru, Dalva Assis o Programa contribui na elaboração de projetos, na aquisição de equipamentos e materiais de expediente do educandário. Ela relata que tem realizado reuniões frequentes com os pais, estimulando os mesmos a efetuar o cadastro e a destinação dos valores no ato da compra. “A Nota Fiscal Gaúcha é muito importante para as escolas. Foi através do programa que conseguimos adquirir ar-condicionado para as saldas de aula, realizamos melhorias na estrutura e compramos materiais de expediente. Pretendemos agora adquirir um novo Datashow e uma tela de projeção”, explica Dalva.

Mobilização em Palmeira ainda é baixa

De acordo com levantamento da Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul (Sefaz-RS), até o dia 07 de junho, apenas 2290 pessoas haviam se cadastrado no programa em Palmeira das Missões. São 753 estabelecimentos credenciados e 15 entidades habilitadas. Ao todo 78 pessoas já foram premiadas, sendo 4 no último sorteio.

Mesmo coma a realização de seminários de capacitação do programa nas escolas, o envolvimento da comunidade palmeirense é inferior quando comparado com municípios da região. A escola 22 de Maio em Palmitinho recebeu nas últimas três etapas a quantia de R$ 15.100. Em Iraí, a escola Bento Gonçalves conquistou R$ 15 mil, e a Cardel Roncalli em Frederico Westphalen recebeu 13 mil. Destaque ainda para as escolas de Erval Seco, Alpestre e Pinhal, com repasse superior a 14 mil.

Conforme a responsável da NFG da 20ª CRE, Marlei Magalhães, as capacitações vêm sensibilizar para que mais pessoas entendam a importância do programa e se amplie o número de pessoas cadastradas. A próxima reunião ocorrerá no dia 22 de junho, em Frederico Westphalen.

Consumidores ainda apresentam resistência

Muitos consumidores deixam de informar o CPF por temer que o governo estadual passe à Receita Federal dados sobre os valores gastos e verifique padrões de consumo incompatíveis com as informações registradas Declaração de Imposto de Renda. Mas, existem várias evidências que deixam claro que o objetivo principal do programa é evitar a sonegação e que os dados não são cruzados com a Receita.

Marlei ressalta que é preciso quebrar o paradigma, ressaltando a importância de cada um fazer a sua parte. “É preciso trabalhar a conscientização. Assim temos certeza que cada um está fazendo a sua parte”, destacou ao lembrar que os contribuintes, no momento das compras, solicitem seu CPF na emissão do documento fiscal.

Ranking das escolas em Palmeira das Missões

Arrecadação Nota Fiscal Gaúcha – Últimas 3 etapas

Colocação

Escola

Valor  (R$)

Três Mártires

7.000

Cacique Neenguiru

3.200

Borges do Canto

3.000

Carimela Bastos

1.800

Vila Velha

1.000

Erci Campos Vargas

850

Neeja

800

Venina Palma

600

Paulo Westphalen

450

10º

Ciep (Cadastrado na última etapa)

00,0

---------

Celeste Gobbato

Sem cadastro

---------

Polivalente

Sem cadastro

---------

EEEF Antônio de Sousa Neto

Sem cadastro

 

Texto e fotos: Pedro Niácome/TP

 

 

Tags:   nota   fiscal   gaucha   rs



 

Tribuna da Produção

- O conteúdo faz a diferença - 

Desenvolvido por:

Ligue Site